Primeiro ouro de Pernambuco nos Jogos da Juventude vem com o Atletismo

18/11/2017
Primeiro ouro de Pernambuco nos Jogos da Juventude vem com o Atletismo

O atleta mais completo dos Jogos Escolares da Juventude Infantil (atletas de 15 a 17 anos), realizados em Brasília-DF, é de Pernambuco. Henrique Pereira (Escola Poeta Carlos Drummond de Andrade – Petrolina) conquistou a primeira medalha de ouro do Estado no evento neste sábado (18) e logo na prova mais extensa de todas as modalidades disputadas, o octatlo do atletismo. O feito coloca o petrolinense como o esportista mais versátil de toda a competição. Mas as conquistas estaduais não pararam somente nele. Pernambuco ainda faturou duas pratas, com a natação e o judô, e dois bronzes, através da ginástica rítmica e da luta olímpica, para fechar o dia com cinco medalhas.

Nas disputas deste sábado, o grande destaque foi Henrique. Pela primeira vez disputando Jogos Escolares da Juventude, o atleta se destacou na prova do octatlo e, com 5.538 pontos, ficou na primeira colocação a frente do paulista Jonathan da Silva (5.461 pontos) e do mineiro Raphael Costa (5.073 pontos), segundo e terceiro colocados, respectivamente. Natural de Petrolina, Henrique realizou neste ano o intercâmbio do Programa Ganhe o Mundo Esportivo, no qual ele passou dois meses treinando e estudando no Canadá, e contou que colocou em prática o aprendizado no exterior para conquistar o título destes Jogos. “O Ganhe o Mundo me ajudou bastante. Melhorei cinco de dez marcas minhas com a experiência que adquiri lá (no Canadá). Pude aperfeiçoar mais minha técnica em cada prova e o resultado foi esse. Não esperava o ouro, mas estava na expectativa pelo pódio. Estou muito feliz com essa medalha”, ressaltou o jovem de 16 anos.

AVALIAÇÃO DOS TREINADORES

Luciana Hermínia e Herton Diniz, comandantes técnicos da delegação do atletismo pernambucano nestes Jogos da Juventude, comemoraram o resultado de Henrique Pereira e de outras finais alcançadas pela equipe. “Nossa avaliação é que a competição está sendo bastante produtiva. Alguns atletas ainda vão competir no próximo ano, estão nesse processo de transição de categoria. Mesmo assim, alcançaram finais e fizeram boas marcas. O resultado de Henrique, como melhor atleta do campeonato, corou esse processo. Nosso time está apresentando uma evolução. O último dia de competições ainda promete, podemos conquistar mais medalhas”, destacou Luciana.

PRATAS NA NATAÇÃO E JUDÔ

O dia pernambucano nos Jogos ainda foi complementado com duas pratas. Primeiro no judô, com Tatiane Santos (Escola Professor Simão Amorim Durando – Petrolina), na categoria até 52 kg, que só parou na decisão diante da forte judoca carioca Thayna Lemos no “golden score” por uma punição (shido). Depois, Lisa Ananda (Colégio GGE – Recife), nos 50m costas da natação, nadou forte para garantir o segundo lugar com o tempo de 32s24, o melhor da vida. A nadadora pernambucana só ficou atrás de Marina Reis, de Goiás, que alcançou a marca de 31s84.

BRONZES NA GINÁSTICA RÍTMICA E NA LUTA OLÍMPICA

Já no fim deste sábado (18), três atletas de modalidades pouco tradicionais em Pernambuco fizeram resultados expressivos e subiram ao pódio com dois bronzes. As meninas da Ginástica Rítmica, Kayllane Silva (Educandário Maria José – Recife) e Maria Eduarda Martins (Colégio Imaculado Coração de Maria – Olinda), conquistaram a terceira posição por equipes da disputa da segunda divisão (47.200 de pontuação). Já Vytor Rocha (Escola Henrique Dias – Garanhuns) levou a medalha de bronze na categoria de 76 kg até 85 kg da luta olímpica.

Outras notícias